posts recentes

arquivos

tags

participar

Sexta-feira, 30 de Março de 2012
#entrega04 - Especificação Gráfica e Técnica

  

A conceção da especificação gráfica e técnica do projeto detêm uma enorme relevância para a pormenorização e detalhe das funcionalidades e do grafismo por parte do grupo de trabalho.

Relativamente à especificação gráfica, esta permite a criação de uma identidade visual, no que respeita à marca e ao conceito do projeto.

Quanto à especificação técnica, permite identificar as características e funcionalidades da aplicação, bem como a interação entre os diferentes componentes da aplicação.

 

                Relatório da especificação gráfica e técnica 

 

Open publication - Free publishing - More especificacao
 
 
Link:  Relatório
                           Manual de Identidade Visual
 
 
Open publication - Free publishing - More identidade
 
 
Link: Manual de Identidade

 



publicado por ruileite às 23:09
editado por alexandra-fernandes às 22:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | adicionar aos favoritos |

orientação#07 - Validação da Especificação Gráfica e Técnica

 

Nesta orientação foi apresentado o trabalho desenvolvido até então para a próxima entrega (Especificação Gráfica e Técnica) e foi-nos dado feedback sobre o mesmo.

As principais sugestões dadas pela orientadora foram:

As justificações apresentadas até então foram também discutidas para que estas fossem validadas para a sua utilização na próxima entrega.

 




Quinta-feira, 29 de Março de 2012
aula#06 - Introdução à Especificação Técnica

 

Nesta aula os professores Hélder Caixinha e Benjamim Júnior apresentaram os objetivos esperados para a especificação técnica. Estes são a criação da Arquitetura do Sistema, do Mapa de Navegação, do Fluxograma e do Modelo da Base de Dados.

Foi-nos aconcelhado pelo professor Hélder a simplificar a aplicação e optimizar as funções implementadas em vez de criar muitas funções pouco detalhadas.

O grupo continuou a trabalhar na especificação gráfica e iniciou a produção da especificação técnica.




Quinta-feira, 22 de Março de 2012
#orientação06 – Feedback do Protótipo Gráfico e Discussão das Escolhas Gráficas Desenvolvidas

 

Nesta orientação foi-nos dado feedback sobre o protótipo gráfico e sobre os estudos e escolhas feitas para a próxima entrega. No que toca ao protótipo, é necessário ajustar algumas das palavras usadas para designar botões para que se tornem mais claros, reposicionar o botão “Criar História” para uma posição mais fácil de aceder, remover os níveis de “caixas” criados na área “Casa” e permitir que os utilizadores possam mover-se pelas várias opções nessa área de forma mais ágil. No que toca ao que já tinha sido desenvolvido pelo grupo, foi-nos aconselhado utilizar um nome fácil de “exportar” para outros meios/culturas e procurar simplificar o logótipo da aplicação.




Segunda-feira, 19 de Março de 2012
aula#05 – Introdução à especificação gráfica

 

Hoje na aula os professores Pedro Amado e Ivo Fonseca apresentaram os objetivos inerentes à especificação gráfica, nomeadamente o conceito do projeto (naming), os estudos gráficos da marca (logótipo, ícone, símbolo), o manual da identidade (branding), o estudo das grelhas, as biblioteca dos estados de ícones e controlos e as especificações cromáticas e tipográficas.

De seguida, cada grupo iniciou o seu trabalho enquanto os professores foram orientando grupo a grupo.

Relativamente à nossa orientação, salientou-se a necessidade de reformulação do nome do projeto de forma a torná-lo mais intuitivo, a reestruturação do layout através do estudo das grelhas e do estudo cromático.

Face a esta orientação o grupo iniciou a escolha de um nome para a aplicação. No processo de brainstorming surgiram os seguintes nomes: mybook, storybook, yourbook, youbook. Relativamente ao sistema cromático pensou-se numa bordagem nas tonalidades dos azuis e verdes claros, conjugados com os cinzentos.

Ao nível do sistema tipográfico idealizou-se a utilização de uma tipografia sem serifas.




Sexta-feira, 16 de Março de 2012
#entrega03 – Demo gráfica e demo técnica

 

No seguimento da execução do projeto Garebook, foi elaborado a demo gráfica e técnica propostas pelos professores. Com estas pretende-se demonstrar os requisitos funcionais implementados e os softwares referentes à viabilidade técnica usados na plataforma.

 

Demo gráfica

 A demo gráfica foi construída com recurso à ferramenta “Pidoco” ( https://pidoco.com/en ) e exemplifica as potencialidades da plataforma. Dentro da plataforma é possível visualizar vários comentários de forma a ajudar na perceção e compreensão das funcionalidades da mesma. A leitura destes comentários torna-se fulcral para uma melhor compreensão das virtualidades da plataforma.

 

O que dá para fazer na aplicação:

Garebook é uma plataforma colaborativa direcionada a crianças entre os 6 e os 10 anos.

Aqui o utilizador tem a possibilidade de aceder, em qualquer momento, ao rodapé onde existe um menu de ajuda, um vídeo demonstrativo da aplicação, e um mapa da plataforma.

Ao entrar na aplicação, o utilizador terá de clicar no botão “Jogar” para poder aceder a todas as funcionalidades da mesma. Seguidamente poderá registar-se no “Garebook”, clicando no botão de registar ou então entrar na aplicação caso possua uma conta.

Nesta última, o utilizador terá de colocar o seu nome garebook e palavra-passe para prosseguir para a aplicação.

Na opção de registar, o utilizador terá de colocar alguns dados como o nome, apelido, nome garebook, palavra-passe, e-mail, país e cidade. Pode ainda personalizar o seu avatar, escolhendo a cor do cabelo, a roupa, o calçado, entre outros. Existe ainda a possibilidade de carregar uma fotografia para a personalização do seu perfil.

Depois da criação do registo ou da entrada na plataforma, o utilizador entra na “casa”. Aqui pode clicar no botão “criar história” para ir para a sua área de criação da história, aceder às suas histórias (que tinha criado anteriormente), no botão “histórias dos amigos”, aceder às mensagens dos amigos, à lista de amigos e adicionar amigos.

Na criação da sua história o utilizador poderá incluir balões de fala, objetos, cenários, entre outros elementos presentes na aplicação. Em suma, esta área serve para a criação de histórias. Aqui o utilizador pode ainda guardar a história para a finalizar mais tarde ou finalizar (que guardará a mesma).

Durante toda a aplicação estão presentes comentários, de forma a ajudar na compreensão das funcionalidades da mesma.

No botão “As tuas histórias”, o utilizador pode visualizar as histórias (abre um documento  “história.pdf” com a história), partilhar com os amigos, editar (voltando para a edição na área de jogo) e ver as classificações dadas pelos amigos às suas histórias.

No botão “Histórias dos Amigos” o utilizador pode visualizar as histórias dos amigos e classificá-las (de uma a cinco estrelas).

No botão “Mensagens” o utilizador pode ver as suas mensagens, responder às mesmas bem como apagá-las.

No botão “Lista de amigos” é possível escolher o amigo e ver as histórias dele, enviar uma mensagem e remover o amigo.

No botão “Adicionar Amigos” pode adicionar o amigo à sua lista de amigos, sendo apresentado uma lista de nomes de utilizadores presentes na plataforma com o mesmo nome (caso exista mais do que um utilizador).

Para sair da aplicação, o utilizador tem a possibilidade de clicar no botão “sair”. 

De acordo com os requisitos funcionais anteriormente apresentados a plataforma permite:

Requisitos funcionais

·         Área pessoal

o   Registo

o   Login/Entrar (inicio de sessão com os campos de username/nome e password/palavra-passe)

o   Logout/Sair (terminar sessão)

o   Criar perfil/Registo (inserção de dados pessoais e criação do avatar)

o   Editar o perfil (editar os dados pessoais, alteração do avatar)

o   Eliminar o perfil (desativação da conta do jogo)

o   Visualização do avatar dos restantes jogadores amigos

o   Adicionar amigos (adicionar jogadores à lista de amigos)

o   Remover amigos (remoção de jogadores da lista de amigos)

o   Criação de uma narrativa de acordo com a história do jogador

o   Partilha da história (narrativa) criada pelo jogador com os amigos

o   Pesquisar novos amigos na plataforma (e convidar, se desejar) 

·         Área de jogabilidade

o   Possibilidade de criação de uma narrativa escrita pelo jogador através da inclusão de objetos na história.

o   Possibilidade de exportação da narrativa criada pelo jogador para um ficheiro externo.

o   Possibilidade de deixar mensagens a outros utilizadores.

·         Ajuda

o   Ajuda contextual (legendas, tooltips, feedback às ações do utilizador)

o   Apoio à navegação (ícones intuitivos)

o   Visualização do mapa do jogo

o   Visualização de FAQ/Ajuda

o   Vídeo demonstrativo do jogo (“trailer” do jogo) 

·         Área de Manutenção/ administração

o   Gerir contas de utilizadores (ativar/ desativar contas dos jogadores)

o   Gerir conteúdos (FAQ)

o   Dinamização da plataforma (alteração de grafismo/ conteúdos do jogo)

  

Demo gráfica: garebook.zip

 

Demo técnica

No que concerne à demo técnica optou-se por focalizar no trabalho técnico, não considerando o aspeto visual. Esta opção deve-se ao facto de que o mais importante seria testar as opções tomadas na viabilidade técnica.

De acordo com o estipulado na viabilidade técnica, a base de dados foi criada com recurso a mySQL e a interação entre esta e a aplicação Flash é feita através de PHP, que está inserido no website criado com recurso a HTML. A interação entre o PHP e o Actionscript 2.0 presente na aplicação Flash é feita através de XML (o ficheiro PHP cria uma página XML que é lida pelo Actionscript 2.0).

De momento, o protótipo permite efetuar login na aplicação usando dados já inseridos na base de dados (por exemplo: login: rui, password: 123), navegar na aplicação pelas áreas básicas (menu inicial, demonstração, registo, login, “casa” e “fazer história”) e manipular alguns elementos visuais já inseridos na aplicação (desenhos). Estes objetos podem ser posicionados na área de criação da história (via “drag and drop”) e removidos (arrastar para fora da área de criação).

Demo técnica: http://garebook.x10.mx/demo.php

Vídeo demo técnica: http://www.screenr.com/QvN8

 

Reflexão

A par do desenvolvimento da plataforma, o grupo denotou que esta seria uma das componentes mais importantes até então, uma vez que nos compeliu para descriminação de todas as funcionalidades da mesma.

No entanto, o facto de o grupo ter um esboço em papel, referente à maior parte das funcionalidades ajudou na conceção.

Em resumo, esta componente foi fulcral para refinar ainda mais a aplicação e estabelecer ideias.

Relatório: demo_grafica_tecnica_relatorio.pdf




Quinta-feira, 15 de Março de 2012
#orientação05 - Clarificação do Protótipo Gráfico

 

Nesta reunião apresentou-se o protótipo elaborado até à data e obteve-se feedback sobre o que deve ser alterado/ajustado. De uma forma geral, o grupo deve concentrar-se em simplificar o discurso utilizado e procurar adaptar a simbologia utilizada ao público-alvo (crianças dos 6 aos 10 anos).

Atingimos os objetivos a que nos proposemos na orientação anterior (elaboração do protótipo a ser apresentado no final deste módulo e clarificação da situação do grupo quanto à sua composição).

Para a próxima semana comprometemo-nos a exemplificar o estilo gráfico final que a aplicação vai seguir.



publicado por ruileite às 17:35
editado por alexandra-fernandes às 23:38
link do post | comentar | adicionar aos favoritos |

Segunda-feira, 12 de Março de 2012
aula#04 – Introdução à demonstração técnica

 

Na aula de hoje foram abordados os objetivos inerentes à demo técnica, por parte dos professores Hélder Caixinha e Benjamim Júnior. Esta aula serviu como apoio à demo gráfica realizada bem como à demo técnica a desenvolver.

De acordo com a orientação da passada quinta-feira, o projeto sofreu algumas alterações que levaram a uma reformulação da demo gráfica. Assim esta aula serviu para refinar as ideias implementadas desde então e partilhá-las com os professores para poder obter feedback de forma a prosseguir com o projeto. Foram ainda desenvolvidas algumas componentes da demo técnica.

O projeto “garebook” visa então a criação de uma plataforma de interação baseada na criação de narrativas e a sua partilha dentro de uma rede social.

Relativamente à composição do grupo, confirma-se a saída de um elemento (Carla Taveira), sendo que o grupo passa a ser composto por dois elementos (Alexandra Fernandes e Rui Leite).

Durante a aula, reformulou-se o modelo a ser seguido para o protótipo, que será apresentado de seguida.






Quinta-feira, 8 de Março de 2012
#orientação04 - Análise da Entrega 02 e do Esboço da Aplicação

 

Na reunião de hoje foi-nos dado feedback relativamente à entrega do dia 02 de Março (Requisitos Funcionais e Viabilidade Técnica) e também relativamente ao esboço do protótipo já realizado. De uma forma geral, o grupo deveria ter justificado melhor as escolhas referindo de uma forma mais clara a sua pesquisa, as potencialidades esperadas da aplicação e o público-alvo.

Com base no material já desenvolvido, foi possível expor de forma mais clara qual a ideia do grupo no que toca à aplicação a desenvolver. Essa ideia foi então ajustada para que se reflita de melhor forma o esperado do projeto. Resumidamente, a aplicação deve focar a criação de narrativas e a sua partilha, em vez das atividades e narrativas pré-definidas.

Foi também discutida a possibilidade de um dos elementos do grupo abandonar o projeto, sendo que agora se aguarda pelo feedback dos docentes responsáveis pela disciplina “Projeto” para se poder avançar neste ponto.


Para o próximo encontro, propomo-nos a atingir os seguintes objetivos:

•         Elaboração do protótipo a ser apresentado no final deste módulo;
•         Clarificação da situação do grupo quanto à sua composição.
 




Terça-feira, 6 de Março de 2012
aula#03 – Introdução à demonstração gráfica

 

Nesta aula foram-nos apresentados os objetivos do projeto, criação da demo gráfica/protótipo. Pretende-se apresentar o conceito do projeto e demonstrar as principais componentes deste. A demonstração pode ser produzida em qualquer formato disponível desde que demonstre as funcionalidades pretendidas para a aplicação. Com a criação do protótipo esperamos conseguir testar as ideias geradas pelo grupo até hoje e validar as nossas escolhas.

Foi-nos explicado pelos professores uma possível forma de prototipar o nosso projeto (protótipo vertical) e algumas das nossas ideias foram retocadas. Foi-nos proposta a ideia de incentivar os utilizadores com a componente de interação e complementar esta interação com a componente narrativa/social.

Durante a aula, concebemos o modelo a ser seguido para o protótipo. Este é o resultado:

  rascunho do protótipo

 

Esperamos conseguir desenvolver uma demonstração básica antes da próxima aula.




mais sobre mim

 

Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31